Comportamentos de promoção de saúde após cancro

Autores

  • Nuno Miguel Peixoto Escola Superior de Enfermagem do Porto, Porto
  • Tiago André Peixoto Escola Superior de Enfermagem do Porto, Porto

Palavras-chave:

neoplasias, comportamentos saudáveis, doença crónica, promoção da saúde

Resumo

Vítimas de uma doença crónica, os sobreviventes de cancro vivenciam um processo de readaptação, e mais do que a reinserção social, é lhes exigida a reincorporação de atividades de promoção de um estilo de vida saudável.

Objetivos: Explorar o estado atual do conhecimento científico relacionado com os comportamentos de promoção de saúde em sobreviventes de cancro e descrever essas evidências, desenvolvendo um mapa conceptual sobre o nível de envolvência dos sobreviventes de cancro nos comportamentos de promoção de saúde.

Metodologia: revisão da literatura, com base nos modelos do Instituto Joanna Briggs para Scoping Reviews. Dos 407 artigos encontrados, 14 foram incluídos.

Resultados: Os comportamentos identificados centram-se na prática do exercício físico, na alimentação saudável, na manutenção do peso ideal, na gestão das recomendações dos profissionais de saúde e dos regimes medicamentosos, na gestão do stress, na realização de screenings e check-ups regulares, no ajuste ao novo estilo de vida, no suporte/apoio social e na espiritualidade

Conclusão: Há informações contraditórias relativo ao tipo de envolvência dos sobreviventes em comportamentos de promoção de saúde. Esses conflitos obrigam a comunidade científica a aprofundar os dados apresentados em populações mais homogéneas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Aziz N.M.; Rowland J.H. (2003) – Trends and advances in cancer survivorship research: challenge and opportunity; Seminars in Radiation Oncology vol. 13; p. 248–266; 2003;

Canavarro, M.; Pereira, M.; Moreira, H.; Paredes, T. (2008) – Qualidade de Vida e Saúde: Aplicações do WHOQOL; Repositório Aberto; Universidade de Coimbra;

Carta de Ottawa (1986) – Primeira conferência internacional sobre promoção da saúde; Ottawa, Canadá;

Centers For Disease Control And Prevention (2009) – A glance; National Center for Chronic Disease Prevention and Health Promotion - Improving health and quality of life for all people; CDC;

Doyle, Natalie (2008) - Cancer survivorship: evolutionary concept analysis. Journal of Advanced Nursing, vol.62 (4), p. 499-509;

Feuerstein, M. (2007) – Defining cancer survivorship. The Journal of Cancer Survivorship: Research and Practice;

Loerzel, V. & Meneses, K. (2010) – Cancer Survivorship: A critical Aspect of Care; Cancer Nursing; Principles and practice; Jones & Bartlett Learning; 7th edition; Part VII; Chapter 70 p.1743-1752;

Martins, Maria do Céu Antunes (2005) - A Promoção da saúde: percursos e paradigma. Revista de saúde Amato Lusitano. ISBN 0873-5441. A. IX, nº 22 (4º trimestre 2005), p. 42-46

Petronilho, F. (2012) – Autocuidado: Conceito Central da Enfermagem. 1a edição. Coimbra: Formasau, ISBN 978-989- 8269-17-1;

Phillips, J.; Currow, D. (2010) – Cancer as a chronic disease. Collegian, p. 47— 50;

Rowland, J. ; Baker, F. (2005) – Introduction: resilience of cancer survivors across the lifespan.Cancer, 104 (11 Supplement), 2543-2548;

World Health Organization (2005) - Preventing chronic diseases : a vital investment : WHO global report. World Health Organization.

World Health Organization (2014) – Basic documents, 48th ed. World Health Organization;

Pender N,, Murdaugh C, & Parsons M (2010) – Health promotion in nursing practice. 6th ed. Upper Saddle River: Pearson/Prentice-Hall;

Saylor, C. (2004) – The circle of health: A health definition model. Journal of Holistic Nursing, 22, p. 97-115

Victor, J.; Lopes, M. & Ximenes, L. (2005) - Análise do diagrama do modelo de promoção da saúde de Nola J. Pender; Acta Paulista de Enfermagem, 18(3):235-40;

Pender, N, Murdaugh, C., Parsons, M. (2002) – Health promotion in nursing practice. 4ª ed. Englewood Cliffs: Prentice Hall;

Moor, J.; Puleo, E.; Ford, J.; Greenberg, M.; Hodgson, D. et al. (2011) - Disseminating a smoking cessation intervention to childhood and young adult cancer survivors: baseline characteristics and study design of the partnership for health-2 study. BMC Cancer11:165.

Mann, K. (2011) - Education and Health Promotion for Newly Diagnosed Patients; Clinical Journal of Oncology Nursing, 15(1).

Downloads

Publicado

25-07-2017

Como Citar

1.
Miguel Peixoto N, André Peixoto T. Comportamentos de promoção de saúde após cancro. journal [Internet]. 25 de Julho de 2017 [citado 28 de Maio de 2024];(34):30-8. Disponível em: https://onco.news/index.php/journal/article/view/90

Edição

Secção

Artigos de Revisão