Sobre a Revista

Âmbito

A Revista Onco.News é uma revista científica, peer reviewed, editada pela Associação de Enfermagem Oncológica Portuguesa (AEOP). A revista tem periodicidade semestral e é publicada nos meses de junho e dezembro

Dirige-se a estudantes e investigadores, profissionais da área da Saúde e da Educação e divulga conhecimento científico produzido na área da Enfermagem Oncológica, com impacto no desenvolvimento científico da enfermagem. Exige-se que todos os artigos tenham profundidade científica, sejam originais e demonstrem clara relevância para o avanço científico na área da Oncologia Nacional e Internacional. 

Histórico da Revista

Foi criada em janeiro de 2008 e o seu desenvolvimento tem permitido o acesso a vários indexantes e a passagem de uma publicação periódica e impressa fisicamente para uma publicação não periódica e disponibilizada em acesso aberto, formato digital e online.

A partir de janeiro  de 2016, apenas se publica a versão electrónica, com a criação de um site específico para a Revista. Em 2022 a revista dá um salto qualitativo e adota a plataforma Open Journal Systems (OJS) para gestão integral do fluxo editorial.

 

Política Editorial

A revista publica artigos originais (original papers), artigos de revisão sistemática e integrativa (review papers), artigos teóricos (Theoretical article),  Estudos de Casos Clínicos (Clinical Case Studies), Artigos de não pesquisa (Non-Research articles) e Editoriais (Editorials). A revista aceita a submissão de trabalhos nos idiomas português, espanhol e inglês. Em todos os trabalhos cujo idioma original não é o inglês, é obrigatória a inclusão do título, resumo e palavras-chave neste idioma. 

Artigos Originais/Investigação – Relata trabalho original que envolva uma abordagem teorico-prática referente a pesquisas, indicando resultados conclusivos e significativos. Apresentam as seguintes secções: Título, Resumo, Palavras-chave,  Abstract, Keywords, Introdução, Enquadramento/Fundamentação Teórica, Questões de Investigação, Metodologia, Resultados e Discussão, Conclusão e Referências Bibliográficas.

Artigos Teóricos –  O/A autor/a utiliza a teoria para verificar a validade de uma teoria, seja para refutá-la ou para apresentar uma nova teoria a partir da ótica de quem a constrói. Apresentam as seguintes secções: Título, Resumo, Palavras-chave,  Abstract, Keywords, Introdução, Enquadramento/Fundamentação Teórica, Conclusão e Referências Bibliográficas.

Artigos de Revisão Sistemática - É um método utilizado na avaliação de um conjunto de dados provenientes de diferentes estudos. Recolhe toda a evidência empírica que se encaixa em critérios de elegibilidade pré-definidos, com o objetivo de responder a uma questão específica. Apresentam as seguintes secções: Título, Resumo, Palavras-chave Abstract, Keywords, Introdução, Objetivos, Metodologia Sistemática, Resultados e Discussão, Conclusão e Referências Bibliográficas.

Artigos de Revisão Integrativa – É um método que proporciona a síntese de conhecimento e a incorporação da aplicabilidade de resultados de estudos significativos na prática, Apresentam as seguintes secções: Título, Resumo, Palavras-chave,  Abstract, Keywords, Introdução, Objetivos, Metodologia Integrativa, Resultados e Discussão, Conclusão e Referências Bibliográficas.

Artigos de não pesquisa - São artigos que  descrevem ideias e experiências que podem ser adaptadas por profissionais com formação na área e aplicados ou testados em ambientes diferentes do/a autor/a. Este formato também é apropriado para projetos que começaram como pesquisas mas que tinha um pequeno tamanho de amostra. Os artigos que não são de pesquisa devem conter um texto não estruturado, resumo no máximo 150 palavras, abordando os pontos principais do artigo. Os artigos de não pesquisa devem conter as secções: Título, Resumo, Palavras-chave, Introdução, desenvolvimento e Conclusão.

Editoriais -  Os editoriais transmitem opiniões sobre qualquer assunto relevante da revista. Eles discutem um artigo na mesma edição da revista, uma descoberta recente publicada em outro local ou um tópico específico de importância científica. Os editoriais são solicitados pelos editores, e submissões não solicitadas não serão consideradas. Os editoriais geralmente contêm cerca de 1500 palavras sem contar a lista de referências e as notas. Uma tabela ou figura será permitida se necessário.

Estudo de Caso - O estudo de caso é um tipo de pesquisa que resulta num artigo em que o objetivo da pesquisa procura analisar um problema específico. Investiga um fenómeno  atual partindo de um contexto real, utilizando múltiplas fontes de evidências. Os estudos de caso devem contar as secções: Título, Resumo, Palavra-Chave, Introdução, Conclusão e Referências Bibliográficas caso se aplique.

Política de Acesso Livre

Esta revista fornece acesso livre imediato ao seu conteúdo, com base no princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico proporciona uma maior troca global de conhecimento. O trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional (CC-BY-NC-SA), o que permite os/as utilizadores/as ler, baixar, copiar, distribuir, imprimir, pesquisar, ou fazer vincular artigos na íntegra, ou usá-los para qualquer outra finalidade legal, sem pedir permissão prévia ao editor ou ao autor. Esta revista atende à definição de acesso aberto do Directory of Open Access Journals (DOAJ)

Política de Preservação Digital

Esta revista encontra-se digitalmente preservada através do serviço do Public Knowledge Project (PKP PN).