Reações Infusionais: Relatos da experiência de um Hospital de Dia de Oncologia

Autores

  • Sandra Ponte Enfermeira-chefe do Hospital de Dia de Oncologia Médica do Hospital São Francisco Xavier, Centro Hospitalar Lisboa Ocidental, Lisboa
  • Carla Santos Cabral Enfermeira do Hospital de Dia de Oncologia Médica do Hospital de São Francisco Xavier, Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, Lisboa
  • Patrícia Cavaco Farmacêutica do Hospital de Dia de Oncologia Médica do Hospital de São Francisco Xavier, Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, Lisboa
  • Leonor Vasconcelos de Matos Médica Interna de Oncologia Médica, Serviço de Oncologia do Hospital São Francisco Xavier, Centro Hospitalar Lisboa Ocidental, Lisboa
  • Leonor Fernandes Serviço de Oncologia do Hospital São Francisco Xavier, Centro Hospitalar Lisboa Ocidental, Lisboa

Palavras-chave:

Reações infusionais, Fármacos antineoplásicos

Resumo

A administração de fármacos antineoplásicos pode gerar reações de hipersensibilidade imediatas em Hospital de Dia de Oncologia. A incidência e a gravidade são difíceis de prever e os sinais e sintomas variam, podendo ir de reações cutâneas eritematosas a reações anafiláticas graves, com risco letal. A prevenção é fundamental para reduzir a prevalência e a gravidade destes eventos e o reconhecimento precoce é um elemento chave na resolução do quadro.    Definimos como objetivos do presente estudo: revisão das reações infusionais na nossa instituição, particularmente, sua gravidade, incidência, fármacos envolvidos, reações subsequentes, tipo de pré e pós-medicação administradas. Definimos ainda uma sub-análise para identificação de preditores para reações subsequentes.   Estudo observacional, retrospetivo e unicêntrico, de análise das notificações de reações infusionais ao longo de três anos. Foram colhidos dados demográficos e relativos à situação de reacção infusional. A análise dos dados foi realizada por meio de estatística descritiva, teste t, teste exato de Fisher e regressão logística, usando o software StataIC 15.1 (StataCorp LLC).    A revisão da história patológica e alérgica do doente, a monitorização da adesão medicamentosa da pré-medicação, a reconciliação terapêutica e vigilância de sinais vitais são essenciais na avaliação inicial pré-infusional aos tratamentos antineoplásicos.    No nosso estudo, a prevalência de reações infusionais aos taxanos e platinas está alinhada com relatos anteriores da literatura. Revisões institucionais sobre eventos adversos são cruciais para melhorar as práticas atuais e desenvolver protocolos de atuação mais eficientes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ESMO Handbook series, ESMO Handbook Of Oncological Emergencies, 2nd Edition. Europeann Society of Medical Ocology, 2016.

NCI - Common Terminology Criteria for Adverse Events (CTCAE) version 5.0. U.S. Department of Health and Human Services. Published november 27,2017.

ESMO – Guidelines Commitee. Management of infusion reactions to systemic anticancer theraphy: ESMO Clinical Practice Guidelines. Annals of Oncology 2017; 28 (supl. 4): 100-18.

Reações de Hipersensibilidade em Oncologia, 2ºEdição. Editoras: Ana Joaquim (SPO), Joana Silva (AEOP) e Susana Cadinha (SPAIC) – Apoio Merck, Dez 2017.

Polyzos A, Tsavaris N, Kosmas C et al. Hypersensitivity reactions to carboplatin ad-ministration are common but not always severe: A 10-year experience. Oncology

;61:129-133.

Gowda A, Goel R, Berdzik J et al. Hypersensitivity reactions to oxaliplatin:Incidence and management. Oncology (Willistion Park) 2004;18:1671-1675; discussion 1676, 1680, 1683-1684.

Brandi G, Pantaleo MA, Galli C et al. Hypersensitivity reactions related to oxaliplatin (OHP). British Journal of Cancer 2003;89:477-481.

Muallaoglu S, Disel U, Mertsoylu H, Besen A, et al. Acute infusion reactions to chemotherapeutic drugs: A single institute experience. J BUON. 2013;18:261–7.

Downloads

Publicado

07-06-2021

Como Citar

1.
Ponte S, Cabral CS, Cavaco P, Matos LV de, Fernandes L. Reações Infusionais: Relatos da experiência de um Hospital de Dia de Oncologia. journal [Internet]. 7 de Junho de 2021 [citado 15 de Abril de 2024];(42):38-42. Disponível em: https://onco.news/index.php/journal/article/view/19

Edição

Secção

Artigos de Investigação